sábado, 3 de janeiro de 2009

Na Natureza Selvagem

Por indicação do mestre Jonatas, o velho Joe, um dos alunos mais brilhantes que tive o prazer de conviver no Zé Vieira, mando aqui uma tradução , da 'musik da trilha sonora do filme Na Natureza Selvagem, vale ate ser postada no blog rsrsrsrsrs', palavras de Joe.
Quero falar um pouco do Joe. O cara é de uma inteligência que beira a genialidade. Ótimo sujeito, constrói a vida arremessando sonhos pelas alamedas da vida. Um filósofo de mente cheia. É sempre uma aula estar ao seu lado trocando idéias e sentir o agito mental que habita suas idéias. Sou fã do cara.
Apenas para mencionar que a namorada do cidadão é uma princesa que deixou o reino para viver com o plebeu.
Agora é prestar atenção no poema, assistir ao filme ouvindo uma trilha sonora de tirar o chapéu.
Abraços Joe.
Rise (tradução)
Eddie Vedder

Tais são os caminhos do mundo
Você nunca sabe
Onde colocar sua fé
E como ela vai crescer

Vou me erguer
Trazer de volta buracos e memórias ocultas
Vou me erguer
Transformar enganos em ouro

Tal é a passagem do tempo
Rápida demais para conter
E de repente engolida por sinais
Abaixe-se e observe

Vou me erguer
Encontrar minha direção magneticamente
Vou me erguer
Jogar minha pressa na estrada

Um comentário:

Miriam disse...

....você nunca sabe onde colocar sua fé/vou transformar enganos em ouro /abaixe-se e observe..

Somos engolidos pelo tempo e por um sistema que insiste em nos afastar do foco ideal: A vida! vida simples, sem nenhum mistério, liberta de tabus e de repressões que nos fazem julgar "...Abaixe-se e observe!" Para mim uma tradução real do que devemos fazer a todo momento - parar, refletir e buscar o equilíbrio a cada instante a cada gesto...
Adorei!!